Ir para o conteúdo principal

O que você precisa

Vídeo de Apresentação

Este teardown (desmontagem analítica) não é um guia de reparo. Para reparar seu/sua iPhone 11 Pro Max, use o nosso manual de serviço.

  1. Teardown do iPhone 11 Pro Max, Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 1, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max, Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 1, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max, Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 1, imagem 3 %32
    • Os rumores abundam — mas quando começamos com este teardown, somente tínhamos uma certeza, ou melhor, seis certezas:

    • SoC A13 Bionic com unidade de processamento Neural de terceira geração

    • Tela Super Retina XDR OLED de 6,5” (2688 × 1242) e 458 ppi com True Tone e HDR (sem 3D Touch)

    • Câmeras traseiras Triple 12 MP (ultra-angular, grande-angular e telefoto) e câmera de selfie de 12 MP acoplada com hardware FaceID TrueDepth

    • Memória de 64 GB integrada (256 GB e 512 GB opcionais)

    • LTE de classe Gigabit, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.0, NFC

    • Certificação IP68

  2. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 2, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 2, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 2, imagem 3 %32
    • Antes de nos adiantarmos demais, pedimos a nossos amigos da Creative Electron uma pequena ajuda. Utilizando os poderes dos raios X, eles nos deram uma prévia daquilo que nos aguardava.

    • Alinhados para proporcionar prazer visual (da esquerda para a direita) estão os iPhones XR, XS Max e 11 Pro Max.

    • A nossa prévia nos deixa com algumas impressões iniciais:

    • A bateria no 11 Pro Max parece ser no mesmo design de célula única daquela que vimos o ano passado no iPhone XS, mas esta vez ocorreu a sua primeira inclusão num modelo Max.

    • A Apple parece que deu uma racionalizada nas dimensões da placa lógica mais uma vez, com quase certeza para ceder espaço para aquele enorme conjunto de três câmeras.

    • Por último, mas não menos importante, parece que pode haver uma nova e misteriosa placa abaixo da bateria.

    • Será que isso tem uma ligação com os rumores de carregamento bilateral sem fio?

  3. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 3, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 3, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 3, imagem 3 %32
    • O iPhone deste ano acrescenta um pouco mais de material extra na área central, e muito mais próximo das câmeras.

    • A ilha de câmeras (camera bump) não parece necessariamente ser adequada... "se parece com uma mesa" talvez?

    • Pelo menos este platô de câmeras do iPhone têm bordas em rampa que o une um pouco melhor com a traseira do telefone.

    • E o mais importante, o nosso telefone veio na última cor da Apple: Boba Verde meia-moite.

    • Duas últimas coisas das quais se pode dar notícia aqui antes de abrirmos brechas nesta máquina verde: uma logo da Apple em nova centralização e um novo número de modelo, escondido na bandeja do SIM: A2161.

    • iPhone novinho e sofisticado, o mesmo antigo procedimento de abertura — por meio de uma torção!

    • Este ano nós puxamos a nossa chave P2 de lâmina fixa P2 para fora do novo kit Marlin específico para iPhones para liberar um par de parafusos pentalobe.

    • Em seguida, o iSclack e uma palheta de abertura entram em jogo para manusear o resto, e para podermos começar a levantar a tela.

    • Apesar deste ser "o iPhone mais à prova d'água de todos os tempos", a sensação que o adesivo envovente da tela dá é a de ser similar aos dos telefones do ano passado. Do mesmo modo, a vedação também lembra aquela baseada em parafusos Pentalobe daquele tempo.

  4. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 5, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 5, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 5, imagem 3 %32
    • Hora de dar a nossa primeira espiada dentro deste Professional Maximum iPhone completado com a monstruosa bateria em formato de L —com dois conectores de bateria? Bem, isso é novidade.

    • Poderiam haver muitas razões para a existência deste cabo extra, e carregamento bilateral é certamente uma delas.

    • Alguns testes levaram aos seguintes resultados:

    • O telefone pode funcionar sem a porta de carregamento estar conectada (ao reconectá-la apareceu para nós um alterta temporário de temperatura).

    • Enquanto aquele cabo inferior estiver desconectado, o telefone irá carregar via conector Lightning, mas não pela bobina de recarga sem fio.

    • Quando desconectamos o cabo "principal" que vai direto à placa lógica, o telefone se desligou normalmente e não fez boot, mesmo com o outro cabo conectado.

  5. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 6, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 6, imagem 2 %32
    • Os designers de smartphones têm focado cada vez mais na magia dos softwares para melhorar a qualidade das imagens, então pode surpreender o fato de que a Apple tenha trabalhado este ano tão arduamente no hardware das câmeras.

    • A principal atualização é o novo sensor/lente ultra-angular, mas as lentes angular e telefoto padrão também receberam um upgrade na amplitude de ISO e na velocidade do obturador. Até mesmo a câmera frontal recebeu um pouco mais de resolução.

    • Para saber de todos os detalhes essenciais nas câmeras, dê uma olhada em Halide's write-up (inglês).

    • O sistema de sensores do FaceID também passaram por algumas mudanças benéficas: a câmera frontal tem agora 12 MP — em vez de 7— e, além disso, os seus cabos não estão mais apertados debaixo da bateria, o que torna a remoção mais rápida e fácil do que nunca!

  6. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 7, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 7, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 7, imagem 3 %32
    • Os "olhos" têm algo de inexplicável! E são três deles! Além de um flash e um orifício de microfone.

    • Mergulhando um pouco mais a fundo, vimos que as câmeras estão localizadas juntas, mas cada qual com o seu próprio cabo.

    • Os raios X revelam poucas surpresas — as barras escuras são evidência da presença da OIS (estabilização óptica de imagem), e os pequenos pontos parecem corresponder aos componentes do ano passado, portanto nada de chips de RAM dedicados aqui... provavelmente.

    • Você não pensava que nós deixaríamos isso assim, pensava? Claro, nós estamos dando uma olhada mais a fundo — fique antenado!

    • O kit de chaves para iPhone da Marlin ainda nos dá a retaguarda, ajudando-nos a liberar os últimos parafusos espaçadores que fixam placa lógica em formato estranhamente retangular.

    • De uma silhueta similar ao estado do Idaho no iPhone XS, ela encolheu e tomou a forma de algo mais parecido com o Colorado no iPhone 11 Pro Max: esta nova placa é densa!

    • Você está vendo tudo dobrado? Não se preocupe, nós também estamos! A placa do iPhone 11 Pro Max é idêntica no tocante à construção àquela do iPhone 11 Pro!

    • Será que elas são realmente a mesma placa? Nós deixaremos você por dentro disso...

  7. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 9, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 9, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 9, imagem 3 %32
    • Novo formato, os mesmos velhos design em duas camadas e procedimento de abertura.

    • Com uma boa porção de calor concentrado e apenas uma leve alavanca, a placa superior se abre, descolando-se da placa de interconexão.

    • Nós demos uma olhadinha no louvado processador A13, além de em uma tonelada de outras peças de silicone encravadas nessas minúsculas placas.

  8. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 10, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 10, imagem 2 %32
    • Nós colocamos os nossos melhores óculos detectores de chips e arregaçamos as mangas. Aqui está o que pudemos identificar até o momento:

    • SoC APL1W85 A13 Bionic da Apple sobreposto sobre H9HKNNNCRMMVDR-NEH LPDDR4X da SK Hynix (supostamente com 4 GB, mas a SK Hynix precisa atualizar seu decodificador)

    • Sistema de gerenciamento de energia (PMIC) APL1092 343S00355 da Apple

    • Codec de áudio Cirrus Logic 338S00509

    • Módulo USI não marcado — atualização do teardown: acontece que este se esconde no novo chip de banda ultralarga. Leia tudo sobre isto em nossa postagem no blog (inglês).

    • PAMiD de banda média/alta 8100 da Avago

    • PAMiD de banda baixa 78221-17 da Skyworks

    • CI de gerenciamento de energia STB601A0N da STMicrolectronics

  9. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 11, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 11, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 11, imagem 3 %32
    • Mil e um chips, mas somos rápidos. Aqui está a placa de RF:

    • SoC de WiFi/Bluetooth 339S00648 da Apple/USI

    • Modem X927YD2Q (provavelmente XMM7660) da Intel

    • Transmissor 5765 P10 A15 08B13 H1925 da Intel

    • PAM 78223-17 da Skyworks

    • Envelope Tracking 81013 da Qorvo

    • DRx 13797-19 da Skyworks

    • PMIC 6840 P10 409 H1924 de frequência base da Intel

  10. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 12, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 12, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 12, imagem 3 %32
    • Last but not least, na face do topo encontramos:

    • Memória flash de 64 GB Toshiba TSB 4226VE9461CHNA1 1927

    • YY NEC 9M9 (provavelmente acelerômetro/giroscópio)

    • Além de todos esses chips, retiramos algumas camadas de material de transferência térmica de grafite protegendo a placa de RF.

    • A Apple diz que seu design térmico aprimorado confere a esses iPhones Pro a "mais sólida performance de todos os tempos em um iPhone." O que é alcançado extraindo o calor da placa lógica através de várias camadas de grafite, onde ele é dissipado em direção à estrutura traseira.

    • Isto parece não ser tão sofisticado quanto os sistemas de resfriamento líquido que vimos em alguns telefones Android, mas é certamente suficiente para deixar o super-eficiente A13 frio, e sem interferir com quaisquer sinais que vão à ou vêm da placa RF na qual ele está agarrado.

  11. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 13, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 13, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 13, imagem 3 %32
    • Quanto à bateria, foi uma agradável surpresa achar alguns recursos relativamente amigáveis aos reparos.

    • A única coisa que nos atrapalha é o mecanismo Taptic Engine — tirando ele, alguns poucos adesivos esticáveis extralargos (e mais duráveis!) é tudo o que segura a bateria no seu lugar.

    • Este processo relativamente simples lembra-nos mais o iPhone 6 do que qualquer telefone mais recente.

    • Esticados e removidos os adesivos, a bateria se ergue, liberada do iPhone.

  12. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 14, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 14, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 14, imagem 3 %32
    • Parece que este ano na Apple, tamanho é documento. A central elétrica do iPhone 11 Pro Max entrega 3969 mAh com 3,79 V, totalizando 15,04 Wh. São incríveis 2,96 Wh mais do que a bateria do XS Max, e 1,52 Wh menos do que a bateria do Galaxy Note 10+ 5G.

    • De onde vem toda essa energia? Ela tem uma largura de 4,6 mm, volume de 23,8 cm³ e pesa 59,6 g. Comparada com o XS Max, ela é 0,7 mm mais fina, 4,2 cm³ mais volumosa e 13 g mais pesada.

    • Nós desconfiávamos quando a Apple mencionou que os novos chip e unidade de gestão de energia do A13 por si só eram responsáveis pelas cinco horas extra (cinco horas!) de autonomia da bateria. Isto é, você pode simplesmente fazer um telefone um pouco mais fino e ter enormes ganhos na autonomia da bateria. Quem teria adivinhado?

    • Já vimos este mesmo design de célula única em formato de L ano passado no iPhone XS, onde aprendemos sobre as complexidades de cantos interiores e expansão térmica no design de baterias.

  13. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 15, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 15, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 15, imagem 3 %32
    • Aquela misteriosa placa que visualizamos na radiografia abaixo da bateria serve (em parte, de toda forma) como um interconector para a bateria, a bobina de recarga sem fio e o mecanismo Taptic Engine.

    • Assim, temos pela primeira vez em um iPhone um segundo conector de bateria, com uma entrada na parte imediatamente adjacente à bobina de recarga sem fio. Nós não temos certeza do que a Apple quis aqui.

    • A Apple postou um novo documento de suporte hoje, declarando que o iPhone 11 Pro contém um novo hardware para monitorar e gerir a performance da bateria. Então talvez isso seja tudo o que ele é, e ele só pareça ser um hardware de recarga bilateral.

    • Descobrimos o que parece ser um novo design de sensor barométrico completado com um anel o-ring à prova de infiltrações.

    • Todos esses componentes desta extremidade do telefone estão colados à estrutura por meio de algo que parece ser um adesivo ligeiramente mais pegajoso e colante do que aquela coisa espumosa da qual nos lembramos do ano passado. Melhor palpite, ele ficou mais à prova d'água.

  14. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 16, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 16, imagem 2 %32
    • Vamos abrir uma brecha nessa misteriosa placa de interconexão e dar uma olhada em alguns desses chips dentro dela:

    • STPMB0 929AGK HQHQ96 153915 da STMicroelectronics

    • Amplificadores de áudio 338S00411 da Apple

    • TI 97A8R78 SN261140 A0N0T

  15. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 17, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 17, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 17, imagem 3 %32
    • Não havia absolutamente nada de errado com a tela do XS Max — fora que ela era bem carinha — então não nos surpreendeu ver a tela "XDR" deste ano parecer ser muito similar.

    • De todo jeito, esta tela "XDR" não tem um suporte de 999 dólares, então ela é basicamente inutilizável.

    • Uma pequena, porém útil atualização é que todos os três cabos flex estão na mesma área — o que diminui o número de armadilhas ao abrir o telefone para um reparo.

    • Nós esperávamos que a perda da camada de sensores 3D Touch influenciaria um pouco mais — esta tela é cerca de 0,25 milímetro mais fina que a do fone antecessor, e isto é tudo. Isso, além do ligeiro aumento na espessura total do iPhone, é aparentemente a razão de boa parte do aumento da capacidade da bateria.

    • Um último chip se esconde abaixo de uma blindagem: o CI de gestão de energia da tela S2D0S23 da Samsung

  16. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 18, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 18, imagem 2 %32
    • O conjunto do conector Lightning se apresenta com a nova placa de interconexão unida a ele. Entretanto, ele não se apresenta sem chamar pra briga — uma mistura louca de parafusos e colas o fixa em sua posição, e vai te deixar em apuros se um deles não quiser ajudar.

    • Nós finalizamos o serviço procurando por um segundo e inatingível chip de RAM espreitando em cada módulo de câmera. fora alguns sensores brilhosos sem blindagem, não vemos nad... — ei, espere, ele é este aqui??

    • Não. Este chip AD5844CDA0 é provavelmente um estabilizador de imagem (e um vilarejo de duendes).

  17. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 19, imagem 1 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 19, imagem 2 %32 Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 19, imagem 3 %32
    • Localizamos o que parece ser três dissipadores de calor forrando a estrutura traseira. De toda forma...

    • A radiografia revela que cada um dos dissipadores está assentado sobre um corte limpo pelo revestimento da estrutura de aço. A única razão que sabemos para se fazer isso é a passagem de RF.

    • Ademais, cada dissipador está conectado a uma complexa rede bus de antena por um cabo flex.

    • Não temos 100% de certeza daquilo que estamos vendo, mas provavelmente este é o nosso primeiro hardware de antena de banda ultralarga.

  18. Teardown do iPhone 11 Pro Max: passo 20, imagem 1 %32
    • Este teardown está excedendo o seu limite de tempo, eis o que encontramos!

    • Uma bateria muito maior possibilitada por um corpo com 0,4 mm a mais e 0,25 mm emprestado do 3D Touch.

    • Dois cabos de bateria que podem ter ajudado a recarga dupla supostamente suprimida da Apple — mas poderia simplesmente da mesma forma ter ajudado no gerenciamento da duração da bateria.

    • Uma confirmação muito vaga de "4 GB", dada a nossa inaptidão para achar um RAM dedicado à câmera.

    • Mais algumas antenas de RF (estamos muito seguros disso), para ainda mais trocas de dados com o U1.

    • Não mude de canal — em breve teremos mais teardowns para você!

  19. Considerações finais
    • Os reparos críticos de tela e bateria continuam tendo prioridade no design dos iPhones.
    • O procedimento da bateria foi simplificado e muitos componentes estão acessíveis de forma independente.
    • Deu-se preferência à utilização generosa de parafusos do que a de cola — você não deve esquecer suas chaves específicas da Apple (pentalobe, tri-point e espaçador), além da chave Phillips default.
    • Medidas de impermeabilização complicam alguns reparos, mas tornam menos prováveis reparos por danos causados por água.
    • O vidro na frente e atrás dobra as chances de danos em quedas — e se o vidro traseiro quebrar, você ainda terá de remover cada um dos componentes e trocar a estrutura inteira.
    Pontuação de reparabilidade
    6
    Reparabilidade 6 de 10
    (10 é o mais fácil de reparar)

Um agradecimento especial a esses tradutores:

en pt

100%

Udo Baingo está nos ajudando a consertar o mundo! Quer contribuir?
Comece a traduzir ›

Taylor Dixon

Membro desde: 26/06/2018

62.248 Reputação

94 Guias de autoria

Equipe

Teardown Team Membro de Teardown Team

Community

2 Membros

2.047 Guias de autoria

78 comentários

It would be great if you could determine the sensor used in each of the camera modules.

stephenhood_99 - Responder

2nd this request! Thanks

Peter Pham -

would love to see a straight on shot of the phone with the screen off. (without any angles) Would also like to a teardown of the 11 Pro, which is likely more impressive density wise. I also hope you'll continue to pray open their stacked boards.

Suchir Kavi - Responder

also, display assembly thickness comparisons against the XS. With 3D Touch gone, that could be very interesting.

Suchir Kavi - Responder

Why would you not do this sooner as there are plenty of them out there in the hands of media? The whole point is we’re jonesing for info WHILE we wait for Friday to get here which is when a lot of will have one in our hot hands.

jamesayres2374 - Responder

Adicione um comentário

Exibir estatísticas:

Últimas 24 horas: 102

Últimos 7 dias: 568

Últimos 30 dias: 2,385

Duração total: 634,475