Avisos gerais de segurança (todos os dispositivos) ¶ 

Use discernimento e bom senso ¶ 

Use estas instruções como um ponto de partida, mas lembre-se que todo dispositivo é diferente. Fique de olho em possíveis perigos relativos à segurança que podem ser exclusivos de sua situação.

  • Planeje cuidadosamente o seu reparo. Tente antecipar possíveis perigos, e tome medidas para evitá-los.
  • Se você se sentir inseguro ao executar quaisquer detalhes de um reparo, interrompa os trabalhos e peça ajuda.
  • Não execute sozinho reparos potencialmente perigosos. No caso de uma emergência, é importante ter alguém por perto a quem recorrer ou ligar para 911 (ou para 112 (na UE) ou para a central de urgência equivalente de seu país).

Desconecte todas as fontes de alimentação elétrica antes de abrir o seu dispositivo ¶ 

Nunca execute trabalhos em algo que ainda esteja plugado a uma tomada elétrica.

  • O dispositivo deve ser desplugado fisicamente da rede elétrica, não apenas “desligado.”
  • Sempre que possível, remova a bateria ou as baterias antes de iniciar a desmontagem.

Tenha cuidado com grandes capacitores (condensadores) ¶ 

Capacitores (condensadores) grandes (os provavelmente mais perigosos de todos) têm geralmente formato cilíndrico e têm praticamente a aparência de células de bateria.

  • Parta do princípio de que eles estão carregados até que se tenha confirmado que eles estão descarregados.
  • Use uma ferramenta apropriada para descarregar e/ou fazer a ligação ao terra de capacitores grandes, enquanto se mantém bem isolado e a uma distância segura deles.
  • Ao descarregar capacitores grandes, use apenas uma de suas mãos e mantenha a outra mão nas suas costas ou dentro do bolso. Com isso, previne-se de fechar o circuito acidentalmente com a sua segunda mão e de criar um circuito pelo qual a corrente elétrica pode transitar através do seu coração.
  • Porte calçados com solado de borracha.
  • Porte protetor ocular. Uma faísca perdida pode causar severos danos aos olhos.
  • Remova todos os anéis, braceletes, colares etc. antes de iniciar os trabalhos em dispositivos com capacitores (condensadores) grandes.

Esteja atento a peças móveis ¶ 

Dispositivos grandes e mecânicos, como bicicletas ou carros, contêm muitas peças móveis que podem representar um perigo à segurança, particularmente enquanto são executados reparos.

  • Qualquer amplitude de movimento prevista pode mudar repentinamente enquanto você está executando trabalhos nas imediações. Posicione-se de tal forma que, caso uma peça pesada ou potencialmente perigosa se mova de forma imprevista, você não possa ser ferido.
  • Porte luvas de proteção.

Evite a toxicidade de metais pesados ¶ 

Placas de circuito impresso de antigos produtos eletrônicos podem conter metais pesados tóxicos, tais como chumbo e mercúrio. Lave bem suas mãos depois de concluir o trabalho e antes de comer. Não coma ou beba enquanto estiver manuseando componentes eletrônicos.

Segurança dos seus leitores ¶ 

Pense em seus colegas reparadores! Ao criar um guia, use o sinalizador “Potencialmente perigoso” e os marcadores “Cuidado”, conforme necessário. Anote os passos que apresentarem um possível perigo—ou que possam se tornar perigosos, se executados de forma imprudente ou incorreta—e adverta seus leitores devidamente.

Para adicionar o sinalizador “Potencialmente perigoso” na introdução:

  1. Clique o botão Editar no topo de seu guia.
  2. No guia de introdução, role até o fundo e clique na seção Sinalizadores.
  3. Selecione o sinalizador “Potencialmente perigoso” e clique em Salvar.
  4. Escreva algumas poucas frases de introdução, explicando o caráter do perigo, de forma que os leitores saibam o que os espera. Inclua quaisquer dicas de segurança aplicáveis e/ou links para guias de segurança detalhados.
  5. Salve quando tiver concluído o texto.

Para adicionar o marcador “Cuidado” a quaisquer passos específicos que possam representar um perigo à segurança:

  1. Ao editar o passo, clique no marcador preto ao lado de seu texto para exibir uma lista dos marcadores especiais.
  2. Selecione o marcador “Cuidado”.
  3. No texto anexo, explique claramente o caráter do perigo. Inclua passos detalhados que o leitor deve executar para concluir a tarefa com segurança.
  4. Salve quando tiver concluído seu texto.

Soldagem ¶ 

Alguns reparos requerem soldagem, o que pode intimidar alguns "conserteiros" de primeira viagem. A soldagem pode ser ao mesmo tempo segura e prazerosa, desde que algumas poucas regras básicas de segurança sejam seguidas.

Proteja seus pulmões. Os fumos de solda podem ser tóxicos. No mínimo, quando inalados, eles irritarão seus pulmões e podem agravar alguns estados de saúde, como asma.

  • Trabalhe numa área bem ventilada.
  • Mantenha sua cabeça lateralmente em relação à peça de trabalho, e não diretamente acima dela.

Proteja sua pele.

  • Use uma solda livre de chumbo.
  • Segure arames e soldas com pinças ou porte luvas protetoras. Não use suas mãos desprotegidas.
  • Não toque no bico de contato. (Se ele já é quente o suficiente para fundir a solda, ele é mais do que quente o suficiente para queimar você.)
  • Lave suas mãos após concluir seu trabalho.

Proteja seus olhos. A solda pode imprevisivelmente produzir faíscas e respingos , portanto vista protetores oculares durante a soldagem.

Proteja-se contra o calor, fogo e outros perigos.

  • Solde apenas sobre superfícies e materiais resistentes ao calor. (Bom: um pedaço de reboco. Péssimo: uma pilha de papel.)
  • Mantenha sua área de trabalho organizada e remova objetos inflamáveis antes de começar.
  • Apoie o metal de solda somente no suporte para ferro de solda.
  • Nunca deixe um metal de solda quente abandonado.
  • Mantenha um extintor de incêndio nas imediações e certifique-se de que você saiba usá-lo.
  • Não coma ou beba enquanto estiver realizando soldagens.

Proteja o meio ambiente. Não jogue soldas de chumbo ou esponjas contaminadas com solda de chumbo no lixo. Ponha-as em um recipiente vedado e leve-as à sua instalação local para eliminação de resíduos domésticos perigosos. No caso de placas de circuito e outros componentes eletrônicos irreparáveis, recicle-os com responsabilidade.

Visores com tubos CRT (tubo de raio catódico) ¶ 

Não tente desmontar ou reparar antigos televisores ou monitores de computadores com tecnologia CRT. Tubos CRT contêm capacitores (condensadores) de alta voltagem potencialmente letal, tubos com parede de vidro fechados a vácuo que podem implodir violentamente quando mal manuseados, e grandes quantidades de chumbo.

  • É possível reconhecer monitores CRT primariamente pelo seu volume: diferente das modernas telas planas LCD ou das telas de plasma, que tendem a ser muito finas, os CRT têm tipicamente a mesma dimensão de profundidade que de largura.
  • Deixe os reparos de tubos CRT por conta de um especialista experiente.

Televisores e monitores de computador de tela plana ¶ 

Visores modernos com telas planas são muito mais seguros em termos de execução de serviços do que antigos televisores e monitores do tipo CRT. No entanto, há alguns perigos potenciais dos quais se deve estar ciente antes de se consertar um desses visores.

Desconecte o televisor da tomada elétrica antes de iniciar os trabalhos. Isto deve ser obviamente executado em todos os dispositivos eletrônicos, mas visores de tela plana contêm placas de alimentação com grandes capacitores, que podem ser particularmente perigosos, quando carregados.

Antes de tocar quaisquer outros componentes internos, desconecte a alimentação da placa-mãe.

  • A fonte de alimentação geralmente se parece com uma placa de circuito com vários capacitores cilíndricos que têm a aparência de células de bateria.
  • Evite tocar ou fazer alavanca nas imediações das ligações de capacitores, a não ser que você tenha verificado que eles estão completamente descarregados.

Use cautela redobrada com os visores com retroiluminação por CCFL. Alguns visores de tela plana fabricados antes de 2010 usavam lâmpadas fluorescentes de cátodo frio (CCFL) contendo mercúrio. As lâmpadas CCFL se parecem com lâmpadas fluorescentes compridas com o formato de um tubo, geralmente posicionadas atrás ou nas laterais do visor. Quando quebradas, elas vazam pequenas quantidades de mercúrio, o qual é muito tóxico. Caso quebre acidentalmente uma lâmpada CCFL:

  • Não toque em nenhum caco de vidro ou líquidos derramados com as mãos desprotegidas.
  • Porte luvas protetoras e limpe a área com um pano úmido.
  • Mantenha a área bem ventilada.
  • Ao terminar, lave bem suas mãos.
  • Certifique-se de colocar cacos ou panos contaminados com mercúrio em um recipiente vedado e eliminá-los com responsabilidade.

Fornos micro-ondas ¶ 

O micro-ondas é um dos aparelhos mais perigosos para se reparar. Eles contêm grandes capacitores (condensadores) de alta tensão capazes de dar choques elétricos fatais e, também, podem emitir níveis nocivos de radiação, se avariados ou indevidamente remontados.

  • Se você não tem certeza do que está fazendo, procure ajuda de um especialista antes de começar.
  • Não toque em nenhum componente interno ou na fiação até que tenha verificado que todos os capacitores de alta tensão estão descarregados.
  • Jamais opere um micro-ondas que parece estar avariado ou reparado de forma errada. Seja extremamente cuidadoso com avarias na porta, dobradiças, trincos ou juntas de vedação.

Carros e caminhões ¶ 

Consertar veículos motorizados, como carros e caminhões, pode ser muito gratificante, mas também esconde mais perigos do que um típico reparo de um smartphone ou um laptop. Se você escolheu executar o reparo em um veículo motorizado, tome as devidas precauções.

Jamais execute trabalhos debaixo de um veículo apoiado somente com um macaco. O propósito do macaco é levantar o carro do chão, e não fixá-lo levantado! Uma falha inesperada no macaco pode causar facilmente a sua morte. Apoie o seu veículo usando um braço de elevação ou use rampas de elevação para elevá-lo e abaixá-lo com segurança.

Escolha pontos de fixação seguros. Esses podem variar de veículo para veículo, portanto proceda com cuidado—posicionar um macaco ou um braço de elevação debaixo de uma panela de óleo ou de um canal hidráulico da servodireção não irá ajudar na proteção, e provavelmente também poderá causar avarias ao seu veículo. Se estiver em dúvida, consulte o manual de serviço de seu veículo, ou procure a ajuda de um especialista.

Estacione o veículo em chão firme, plano antes de elevá-lo. Macacos, braços e rampas de elevação são projetados para o uso em superfícies firmes e planas, como concreto e asfalto. Jamais tente elevar um veículo estacionado em uma superfície inclinada ou instável, como grama, terra ou cascalho.

Bloqueie as rodas e a transmissão. Ao elevar carros e caminhões, pode acontecer de eles rolarem imprevisivelmente, mesmo em superfícies planas. Antes de elevar qualquer veículo, troque o câmbio para a marcha P de estacionar (ou primeira marcha, se você tiver uma embreagem manual). Certifique-se de que o motor esteja desligado e puxe o freio de estacionamento. Então, bloqueie as rodas do lado oposto ao dispositivo de elevação com calços de roda, tijolos ou cunhas grandes de madeira.

Sempre desconecte a bateria antes de começar reparos. O tipo de bateria e a localização varia por veículo, portanto consulte seu manual de usuário do veículo para obter as instruções exatas.

  • Existe um risco de choque elétrico se os terminais da bateria forem manuseados de forma incorreta ou distraída. Observe as normas de segurança descritas em seu manual do usuário e peça ajuda se você não tiver certeza do que fazer.
  • Jamais execute trabalhos em um veículo com o motor em funcionamento. Mesmo em regime de marcha lenta, as correias ou ventiladores do motor podem causar lesões graves. Aletas de refrigeração giram tão rapidamente que as suas extremidades praticamente são invisíveis ao olho humano e podem pegá-lo de surpresa. Também podem haver perigos de choque elétrico no gerador, nos cabos das velas de ignição e noutras áreas. Se você precisar fazer o arranque do motor, fique bem protegido do compartimento do motor e certifique-se de que todas as quatro rodas estão firmes sobre o chão.

Proteja seus olhos e a pele. Um dedo furado ou um respingo errante do fluido dos freios pode deixá-lo gravemente ferido, ou até mesmo permanentemente ferido, (e forçá-lo a interromper o seu projeto ou por um fim nele). Porte luvas protetoras e protetores oculares todas as vezes.

Proteja os seus pulmões. Automóveis podem conter um grande número de substâncias tóxicas, desde pó de freios até fumos de gasolina. Execute trabalhos em uma área bem ventilada e porte uma máscara ou um respirador, quando adequado.

Proteja seus animais. Não deixe fluidos automotivos—particularmente líquidos refrigeradores ou anticongelantes—acessíveis a seus animais. Anticongelantes geralmente contêm etilenoglicol, um composto tóxico que, contudo, libera um doce odor, o que atrai muitos animais. Deixe fechados os recipientes de seus líquidos refrigeradores e anticongelantes, e transfira fluidos usados para um recipiente vedado imediatamente após drená-los de seu veículo.

Use as ferramentas certas. Pegar atalhos tentando improvisar com uma ferramenta de menor qualidade pode fazer um reparo simples virar um reparo cheio de perigos, e isso para ambos, você e o seu veículo. Se você não possui as ferramentas certas, adquira-as! Muitas lojas de peças de automóveis têm programas de checkout de ferramentas, que podem ajudá-lo a completar um reparo de forma apropriada, barata e segura.

Observe a legislação local e proteja o meio ambiente. Fluidos automotivos usados, como óleo para motor, óleo de engrenagens, fluido para transmissão, fluido para feios, fluido para servodireção e líquido refrigerador (anticongelante) devem ser descartados com responsabilidade—juntamente com panos, toalhas de papel, ou filtros contaminados por essas substâncias. Leve-os até a sua instalação local de eliminação de resíduos perigosos em um recipiente vedado.Jamais despeje fluidos automotivos usados nas canalizações ou nas ruas.

Dispositivos móveis (laptops, tablets, & smartphones) ¶ 

Baterias de íon de lítio alimentam quase todos os modernos dispositivos móveis. Enquanto eles normalmente não são perigosos, eles armazenam, sim, uma grande quantidade de energia—energia a qual pode causar lesões graves, se liberada repentinamente.

Jamais faça um furo numa bateria. Não faça alavanca em baterias usando chaves de fenda ou outras ferramentas com arestas. Uma bateria danificada pode se aquecer rapidamente, pegar fogo e até mesmo sofrer uma explosão violenta.

Não empene ou deforme baterias excessivamente. É normal que baterias aderidas a estruturas, como no caso das baterias do iPhone e iPad, se deformem, quando removidas. Porém, empenar excessivamente pode fazer com que uma célula se rompa e causar um incêndio. Seja cauteloso(a) e tente reduzir a deformação o máximo que puder.

Se você notar qualquer fumaça saindo da bateria ou que ela está muito estufada, interrompa o trabalho e afaste-se dela.

Câmeras ¶ 

Flashes fotográficos de câmeras digitais são alimentados por capacitores (condensadores) capazes de causar fortes choques elétricos.

Não se engane! Eles podem parecer inofensivos, mas até mesmo câmeras pequenas contêm capacitores com uma energia imensa.

  • O capacitor armazena uma carga proveniente da bateria da câmera. Certifique-se de remover a bateria antes de abrir a câmera ou tentar descarregar o capacitor.
  • Depois de abrir a câmera, evite tocar em quaisquer componentes internos até que tenha verificado que o capacitor está seguramente descarregado.

Compressores de ar ¶ 

Antes de desmontar ou de executar serviços de reparo em qualquer compressor de ar:

  • Desplugue o cabo de alimentação.
  • Abra a válvula de purga no tanque principal para liberar qualquer ar comprimido. Jamais execute trabalhos em um compressor de ar enquanto os componentes estiverem sob pressão.
  • Jamais tente fazer furos em reservatórios de ar com objetos ou ferramentas pontiagudas.

A lubrificação adequada é um fator crucial para a funcionalidade e a segurança de um compressor de ar. Enquanto executa trabalhos em compressores de ar:

  • Não lubrifique excessivamente.
  • Use o óleo ou lubrificante correto para o seu modelo. Evite lubrificantes com ponto de fulgor baixo, os quais possuem o potencial de causar ignição durante o funcionamento e, assim, um incêndio ou explosão.

Fontes de alimentação para PCs ¶ 

Uma fonte de alimentação normal para PC contém capacitores grandes o bastante para dar um forte choque elétrico.

  • Jamais execute trabalhos em uma fonte de alimentação que está plugada.
  • Após desplugar o cabo de alimentação, mantenha pressionado o botão de ligar do PC por durante 5 segundos. Em alguns casos, isso ajuda a drenar capacitores que podem ter retido sua carga.
  • Após desplugar da rede elétrica, aguarde 10 minutos antes de desmontar a fonte de alimentação. Geralmente, os capacitores usados em fontes de alimentação de PCs perdem toda a carga restante em um curto prazo de tempo depois de serem desplugados.
  • Entretanto, parta do princípio de que todos os capacitores grandes estão carregados, exceto se você tenha confirmado o contrário. Faça a ligação de segurança ao terra ou descarregue todos os capacitores grandes antes de manusear componentes internos de uma fonte de alimentação.

Um agradecimento especial a esses tradutores:

100%

Udo Baingo está nos ajudando a consertar o mundo! Quer contribuir?
Comece a traduzir ›

Visualizar Estatísticas:

Últimas 24 horas: 2

Últimos 7 dias: 27

Últimos 30 dias: 126

Todo: 10,674